Salvador

Todas as dicas de Salvador

Confira aqui todas as dicas necessárias para curtir a viagem a Salvador! Se você está planejando conhecer a capital baiana, veja abaixo as dicas que reunimos após anos viajando para lá:

Turismo em Salvador

1. Quando viajar para Salvador?

– Alta e baixa temporada

Pode parecer óbvio, mas é sempre bom reforçar que você consegue economizar muito viajando fora da alta temporada. Só de fazer isso, você já economiza na passagem, hotel, alimentação, passeios e tudo o mais. No final e início do ano, quando é verão e há menos chuvas na cidade, tudo fica muito mais caro em Salvador. Na baixa temporada, quando a procura é menor, você acaba conseguindo bons descontos.

Ou seja, se puder, evite os meses de dezembro, janeiro e fevereiro, especialmente durante a virada do ano e Carnaval. Meses como setembro, outubro e novembro são bem mais agradáveis para viajar, com preços mais baixos, menos gente na cidade e clima igualmente bom!

Centro de Salvador na alta temporada

– Clima em Salvador

Salvador tem um clima agradável para ser visitada em qualquer estação. Nunca está realmente muito frio por lá, e a temperatura não varia muito ao longo do ano! O que você deverá prestar mais atenção é na época de chuva, no meio do ano, que costuma ser mais nublada e pode atrapalhar algum passeio.

Nós recomendamos que, se puder, viaje na época da seca (que vai da segunda quinzena de agosto até a segunda dezena de março), quando é mais quente. Nela, você dificilmente perderá algum dia de viagem por uma chuva ou tempo nublado.

Sol em Salvador

2. Quantos dias ficar em Salvador?

O número de dias ideal para ficar em Salvador nunca é o mesmo para todos os viajantes. Há quem queira viajar com mais tranquilidade, quem queira conhecer o centro, quem queira ambos… E há turistas viajando sozinhos, em casal, em amigos ou em família. Pode parecer que não, mas tudo isso altera a rapidez com a qual você conhece e desfruta de tudo o que há na capital baiana.

De forma geral, nós recomendamos que você passe pelo menos uma semana em Salvador. Assim você consegue conhecer razoavelmente bem a capital, indo aos principais pontos turísticos e fazendo passeios inesquecíveis para as praias e ilhas.

Viagem para Salvador

3. Dicas para comprar a passagem aérea

A passagem aérea costuma ser um dos itens mais caros da viagem, o que significa que é onde você mais pode conseguir poupar dinheiro! Salvador recebe voos de praticamente todas as grandes capitais do Brasil, e até de países estrangeiros, como Portugal e Estados Unidos. Por conta da grande oferta, há sim promoções para o destino. Para encontrá-las, use sempre alguma ferramenta que COMPARE os preços das passagens nas mais diferentes companhias, nacionais ou internacionais.

Nós costumamos usar esse comparador de passagens aéreas, que é bem famoso e já pesquisa todos os preços do mercado, em todas as companhias disponíveis. Poupa muito tempo de pesquisa nossa, e já mostra todas as opções disponíveis para você escolher.

Avião para Salvador

Uma boa dica também é pesquisar a data do voo sempre caindo em dias da semana. Os voos de sexta e principalmente os de sábado e domingo costumam ser bem mais caros, pois é o que todo mundo quer. Também fique de olho em passagens aéreas muito no fim da noite ou início do dia, que podem ser mais baratas.

– Chegada a Salvador: como sair do aeroporto?

O Aeroporto Internacional de Salvador — Deputado Luís Eduardo Magalhães, que é o único de Salvador, fica a cerca de 45 minutos de carro do centro da cidade. Você pode sair dele com carro alugado, transfer, táxi ou transporte público (metrô+ônibus), mas nós recomendamos a primeira opção, especialmente por causa do custo benefício muito melhor do que os outros. Veja abaixo o porquê.

Aeroporto Internacional de Salvador

4. Dicas para economizar com o transporte em Salvador

Como sempre dizemos aqui no blog, a forma mais econômica para andar por Salvador é o carro. É claro que dá para andar pela cidade de táxi ou até ônibus, mas nós sempre achamos mais barato andar com um carro, já que Salvador tem muitos pontos turísticos afastados uns dos outros, e muitos passeios bem legais que são bem distantes do centro (como Stella Maris e a própria Praia do Forte).

O aluguel de carro em Salvador e no nordeste, de forma geral, é muito mais barato do que as pessoas imaginam. Como o transporte público da cidade não atende aos principais pontos, dentre outras questões, você acaba ficando refém dos táxis – e, se for fazer as contas dos gastos com esse transporte, o carro acaba sendo o meio que mais vale a pena. Só de táxi você gastará R$ 80 para ir e R$ 80 para voltar, que já é mais ou menos o valor de metade do aluguel de carro. E se você somar esse valor com o do translado para a Praia do Forte, já acaba até ultrapassando o valor do aluguel do carro, que você pode usar em toda a viagem, para ir a outras praias e pontos turísticos.

Aluguel de carro em Salvador

Se você quiser alugar um carro, recomendamos que o faça com a maior antecedência possível, para pagar um valor menor, e utilize um comparador de preços, que faz um levantamento em todas as principais locadoras de carro, e encontram todos os modelos e preços disponíveis do mercado. Nós costumamos usar dois comparadores que são os melhores:

  1. Comparador de aluguel de carros brasileiro: Maior comparador do Brasil, parcela em até 12 vezes, não tem IOF e o pagamento é feito em reais.
  2. Comparador de aluguel de carros internacional: Maior comparador do mundo, tem mais empresas na sua busca, encontra preços imbatíveis e promoções incríveis.

Na hora, lembre-se de levar sua CNH e um cartão para o pagamento!

5. Dicas de hospedagem em Salvador

Na matéria de onde ficar em Salvador, nós indicamos os nossos bairros preferidos para se hospedar. Falamos do Centro Histórico, da Barra, da Ondina… Mas se a sua ideia é ECONOMIZAR, pode ser que bairros como o Rio Vermelho, Pituba, Campo Grande e até Amaralina sejam as melhores opções. Isso porque todos os gringos querem se hospedar no centro, ou pertinho do Farol da Barra, o que encarece muito esses lugares (não só a hospedagem, mas as opções de alimentação ao redor!).

Piscina de hotel em Salvador

Uma boa dica para encontrar o hotel ideal, na região que você quiser e com a garantia de uma boa hospedagem a preço justo, é usar esse Pesquisador de Hotéis em Salvador. Nós sempre usamos em nossas viagens, pois é o maior site de reservas de hotéis de todo o mundo, e por isso é o melhor lugar para reservar com confiança e segurança. Ele tem todos os hotéis de Salvador e do resto do mundo nas suas pesquisas, e oferece preços imbatíveis por causa da forte negociação que tem com os hotéis. Nós sempre economizamos muito usando ele! E ainda tem a opinião de quem já ficou nos hotéis, o que ajuda muito na hora de avaliar cada um.

Hotel em Salvador

No momento da pesquisa, não se esqueça de filtrar por “Bairro” (onde você pode selecionar as regiões) e “Avaliações dos hóspedes” (colocando “Muito bom para cima”). Assim você terá uma pesquisa dos melhores hotéis, nas melhores regiões e com avaliações excelentes. É a garantia de uma boa hospedagem pelo melhor preço. O buscador ainda oferece cancelamento GRÁTIS para a maioria dos hotéis. Ou seja, dá para reservar o seu hotel na hora, para garantir o preço (já que eles mudam de um dia para o outro, e os quartos nos melhores hotéis esgotam rápido), e se depois você encontrar um melhor, ou não quiser ficar nele, é só cancelar. É super simples e sem custo algum.

Ficar bem localizado em Salvador é super importante, e nós fizemos um mapa personalizado bem legal que indica os melhores hotéis para se hospedar dentro dessa região, que consideramos a melhor da cidade – e com os preços mais variados! É só clicar aqui para ver o mapa. Quando ele abrir, feche, coloque a data da sua viagem no buscador, clique em “pesquisar” e depois clique em “mostrar mapa” para abri-lo novamente, com os hotéis disponíveis e preços já na sua data da viagem.

Regiões de Ondina e Rio Vermelho, em Salvador

Hotéis em que já nos hospedamos e recomendamos demais:

Hotel luxuoso com vista para praia em Salvador

6. Dicas para fazer os passeios por Salvador

Exótica, festiva, mística e única, Salvador é a cidade perfeita para ter uma experiência cultural. De antemão, os principais passeios e atrações turísticas do CENTRO de Salvador continental (ou seja, fora das ilhas e Praia do Forte, que falaremos mais abaixo) são:

  • Farol e praia da Barra
  • Elevador Lacerda
  • Mercado Modelo
  • Pelourinho
  • Basílica Nosso Senhor do Bonfim
  • Casa do Rio Vermelho de Jorge Amado
  • Museu Afro-Brasileiro
  • Dique do Tororó

A primeira dica para conseguir economizar de verdade com os passeios em Salvador é se planejar. Não dá para fugir disso: um bom planejamento é o que vai resultar em uma boa economia. Portanto, antes de viajar, defina todos os lugares que deseja conhecer na capital, e já faça a reserva daqueles que tiverem entrada paga ou limitada. Isso vale especialmente para os passeios para as ilhas, que são passeios SUPER turísticos e procurados.

Centro histórico em Salvador

Você até pode deixar para comprar os passeios lá, na hora, mas nós não recomendamos. Especialmente no caso do nordeste, é comum que os lugares para determinados passeios se esgotem, ou que você perca preciosos minutos da viagem procurando uma boa opção de compra. Fora que você corre o risco de fazer os passeios com uma empresa não credenciada ou que não seja de confiança. Por isso, indicamos sempre que você compre seus passeios enquanto ainda estiver em casa, pela internet, independente da viagem.

Noite em Praia do Forte

Sempre compramos nossos passeios com uma empresa oficial, que tem preços muito em conta. Eles são muito bons e oferecem um atendimento super prestativo, humanizado e confiável. Se quiser, é só entrar aqui e conferir os preços, informações e até avaliações de quem já fez os passeios da empresa. É bem fácil, e nós realmente recomendamos por ser uma empresa ótima, que nos passou muita segurança.

Gostamos também porque dá para comprar todos os passeios da viagem em um só lugar (o que é muito mais fácil e seguro), porque eles têm todos! A comodidade e segurança são garantidas. É a melhor forma de comprar seus passeios. Os passeios que nós mais indicamos dentre os que eles oferecem são os pelo Pelourinho e os que citaremos abaixo.

– Dicas do passeio para Itapuã e Stella Maris + Lagoa de Abaeté

De carro, chega-se facilmente à região de Itaparica, que fica a 25 km do centro, onde você poderá conhecer praias lindíssimas como a do Flamengo e a de Stella Maris. Para nós, são as praias mais bonitas de Salvador continental, além da Praia do Forte. Elas têm águas mornas e ótimas para relaxar à beira do mar. Aproveite que estará na área e vá conhecer também a Lagoa do Abaeté, que fica ali próxima e tem um visual incrível, de água escura cercada por areia branca. Vale a pena!

Lagoa de Abaeté em Salvador

– Dicas para o passeio pela Praia do Forte

Tendo um dia extra em sua viagem a Salvador, não perca tempo e vá para a Praia do Forte. Essa vila linda baiana fica a 1h30 do centro da cidade (ou 1h do aeroporto de Salvador), e é um passeio lindíssimo! Lá você poderá conhecer o Projeto Tamar, passear pelo centrinho, relaxar na Praia de Portinho em frente à igreja local e muito mais. A estrutura de vilarejo de praia se preserva há muitos anos, e seu centrinho comercial ainda tem a aparência de vila de pescadores, mesmo que com novos restaurantes e lojinhas de artesanato.

Praia do Forte na Bahia

Se estiver viajando em outubro ou meses seguintes, aproveite que é a época de desova e assista às tartaruguinhas saindo dos ovos na praia, junto aos instrutores do Projeto Tamar! A forma que sempre utilizamos para ir de Salvador para Praia do Forte é o carro, pois é super fácil de chegar e te dá MUITA autonomia na vila. Se quiser saber mais, veja a nossa matéria de como ir de Salvador para Praia do Forte.

– Dicas do passeio para Ilha dos Frades e Itaparica

Um passeio que vale a pena fazer em Salvador é o de barco, escuna ou catamarã para as ilhas da Baía de Todos os Santos. Nós indicamos MUITO esse passeio, em especial o que vai para a Ilha dos Frades, que é uma ilha super reservada, que não recebe muitos visitantes por dia, e tem água esverdeada, cristalina, quentinha e sem ondas. É um passeio lindo, que dura cerca de 6 horas entre ida, passeio e volta.

Ilha dos Frades em Salvador

Além da Ilha dos Frades, há outras duas ilhas que formam a Baía de Todos os Santos, também incríveis: a Ilha de Itaparica (que é a maior das três e a mais procurada) e a Ilha de Maré. O transporte sai do porto do Mercado Modelo, e é feito pela agência que recomendamos acima. Mas se já quiser garantir, é só entrar aqui e conferir os preços, informações e até avaliações de quem já fez os passeios da empresa.

– Dicas do passeio para Morro de São Paulo

Morro de São Paulo fica um pouco mais distante de Salvador, por isso recomendamos que você fique 2 ou 3 dias na vila, para conhecer bem suas praias, ruas e restaurantes locais. É um paraíso! Você pode ir para lá de catamarã, táxi aéreo ou em transfer semi-terreste. Leia nossa matéria de como ir de Salvador para Morro de São Paulo para saber como cada opção funciona!

Morro de São Paulo

7. Dicas de segurança em Salvador

Como em toda capital, é importante tomar alguns cuidados ao andar por Salvador. Não vá para lugares muito fora da zona turística, nem ande por ruas desertas. Também evite andar com celulares e câmeras à mostra, embora haja policiamento em muitos dos pontos turísticos. De modo geral, não dê bobeira! Nós já fomos para Salvador várias vezes e nunca tivemos problemas, mas é sempre bom estar atento.

8. Dicas de alimentação em Salvador

Salvador tem restaurantes e lanchonetes para todos os bolsos, desde os mais simples com comida a quilo, até restaurantes conceituados, mais luxuosos, com ambiente e pratos refinados. Em ambos os locais você consegue provar a comida típica local, que costuma ser sempre bem servida de frutos do mar, como camarões, peixes e carangueijos.

Restaurante português em Salvador

Não deixe de experimentar iguarias baianas: o pão delícia, acarajé com vatapá, bolinho do estudante, moqueca baiana, bobó de camarão, abará e a cocada! Para isso, se quiser economizar, evite os locais muito tradicionais (aqueles que já tem nomes marcados na boca da população), e prefira barracas menos movimentadas – mas, claro, com bom aspecto. Dá para comer essas iguarias em barracas de praia, ou mesmo pedir a dica para o recepcionista do hotel de “onde comer um acarajé bom e barato”. Com certeza ele terá uma dezena de indicações para te dar!

Bolinhos de acarajé

Outra dica para economizar na alimentação é tomar um café da manhã reforçado e fazer lanches ao longo do dia. Como muita gente gosta de passar parte do dia na praia, dá para fazer isso muito bem, comendo queijo coalho, milho, acarajé, açaí etc. À noite, se ainda sentir fome, dá para fazer uma refeição maior em um dos restaurantes a quilo. Você ainda pode comprar lanches no mercado e levar para a praia, ou comer no quarto do hotel – principalmente se for um apart-hotel.

9. Dicas de compras em Salvador

Evite locais muito turísticos: Nem todo mundo gosta de fazer compras durante a viagem, mas como Salvador tem muitos itens específicos da cultura baiana, pode ser interessante procurá-los. De forma geral, para economizar, evite comprar em locais muito turísticos, como na vila de Praia do Forte ou no Mercado Modelo. Se o fizer, tente sempre pechinchar, pois estes são locais que cobram o “preço turista”.

Feira de São Joaquim: para quem quer comprar instrumentos, alimentos/frutos e artigos religiosos, uma alternativa é comprar na Feira de São Joaquim, na cidade baixa, que é uma experiência à parte. O local não é dos mais bonitos, mas retrata muito a cultura local e tem bons preços. Só vá com a mente aberta! E, claro, esteja atento aos seus pertences.

Barroquinha: outro achado em Salvador é a Ladeira da Barroquinha, ou “Rua do Couro”, onde você encontra sapatos, bolsas, mochilas e vários outros produtos em couro a preços BEM em conta. Vale mesmo a pena. Na região, também se vende muitos produtos para quem faz artesanato.

Barroquinha, Salvador

10. Como aproveitar a noite em Salvador?

Para curtir a noite em Salvador, a melhor forma é procurar por restaurantes, bares e barracas do Rio Vermelho, que é o bairro mais boêmio da cidade. Ele é cheio de espaços legais para conhecer, especialmente na rua Fonte do Boi e no Largo da Mariquita, no Rio Vermelho. Na dúvida, peça um acarajé no Acarajé da Cira, ou um sorvete na sorveteria do largo. Quem prefere fazer uma refeição completa pode ir a um dos vários restaurantes do espaço do Mercado do Peixe do Rio Vermelho, ou ao próprio Pelourinho, que tem vários restaurantes ótimos (se optar por ele, só reserve um pouco mais de dinheiro!).

Acarajé da Dinha no Rio Vermelho

11. Extra: dicas para o Carnaval em Salvador!

Além de todas as dicas que citamos acima, no Carnaval de Salvador, especificamente, procure:

  • Nunca aceitar o primeiro preço dado em uma compra (que não seja em loja com espaço próprio) de passeio, comida ou item
  • Compre os blocos antes, pela internet, e NÃO compre de cambistas
  • Aproveite as festas de rua gratuitas, que acontecem por todo lugar
  • Prefira comer em food-trucks e lanchonetes a comprar espetinhos e bebidas na rua. O preço pode parecer mais baixo, mas o risco é maior
  • Reserve passagem, hotel e blocos com MUITA antecedência (isso é óbvio, mas não custa lembrar – é a única forma de garantir a viagem e não pagar uma fortuna)

Bloco de Carnaval em Salvador

Veja mais matérias imperdíveis de Salvador:

O que fazer em Salvador: dicas dos melhores passeios para fazer na capital
Quanto custa viajar para Salvador: todos os gastos para você calcular sua viagem
Onde ficar em Salvador: os melhores bairros e regiões para se hospedar na cidade

Tags:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *